Poucos percebem que a cozinha pode, sim, ser um lugar perigoso. Talvez porque cozinhar seja algo natural ao ser humano o ambiente da cozinha seja considerado um lugar qualquer, como seria um quarto ou uma sala. Não é verdade — e quanto maior e mais profissional for a cozinha, mais atenção se deve ter para manter a segurança de todos.

A seguir estão alguns dos mais graves riscos em uma cozinha, principalmente se a higienização e a limpeza não forem feitas periodicamente e de forma correta.

Incêndio

Cozinhas lidam com combustão, gordura no ar e fumaça. De fato, é um ambiente que tem grande potencial inflamável, apesar de a maioria das pessoas não perceber isso. O perigo de um incêndio é maior quando o sistema de exaustão não é cuidado corretamente pelo estabelecimento. Quando a gordura acumula mais de 3 milímetros de espessura na parede dos dutos do sistema, o risco de incêndio é altíssimo.

Outros fatores também podem causar incêndios. Alguma parte exposta do sistema elétrico, por exemplo, ou acidentes com substâncias inflamáveis como vazamento de gás ou derramamento de óleo.

Contaminações

Essa costuma ser a principal preocupação das pessoas com cozinhas, ainda que nem sempre sigam todas as recomendações. Contaminações não necessariamente têm a ver apenas com comida estragada: pode acontecer pelo contato de pragas e roedores com o alimento, pela má higiene das mãos, pela ausência de proteção dos funcionários na hora de manusear os utensílios, pela própria toxicidade dos gases circulando na cozinha… Aqui no site, temos um texto explicando como contaminações ocorrem e como evitá-las. 

Acidentes físicos

Os acidentes mais comuns em cozinhas são queimaduras e cortes, embora também possam envolver quedas. Os cortes podem ocorrer pela pressa de realizar o trabalho ou pela falta de atenção momentânea, da mesma forma que queimaduras costumam ocorrer pela falta de cuidado perto do fogo.

Como a cozinha fica mais engordurada e úmida com o tempo, há a chance de que alguém possa escorregar ou cair. O espaço de uma cozinha deve ser planejado para a quantidade de pessoas que irão trabalhar nela, assim se evitam encontrões e outros tipos de deslizes. Da mesma forma, equipamentos grandes como eletrodomésticos devem ser bem posicionados para facilitar a passagem dos profissionais.

Os riscos que sua cozinha corre e você nem imagina
Os riscos que sua cozinha corre e você nem imagina

Como eliminar esses perigos?

Para evitar os acidentes mais graves envolvendo cortes e queimaduras, o uso dos EPIs (equipamentos de proteção individual) é fundamental. Luvas de malha de aço são bem resistentes contra lâminas e aventais antichamas evitam queimaduras graves e o alastramento do fogo pelo corpo do funcionário, por exemplo.

Para as superfícies ficarem menos oleosas e escorregadias, além da atenção e limpeza do dia a dia, é fundamental que se faça a limpeza periódica do sistema de exaustão e também das coifas lavadoras ou UV. Por ser responsável por reter a gordura e renovar o ar, é dentro do sistema de exaustão que vários dos riscos se escondem, caso não cuidem dele direito.

É fundamental sempre estar com a manutenção e checagem do sistema elétrico e de gás em dia para evitar o risco de incêndios. Limpar a gordura do sistema de exaustão também reduz significativamente as chances de incêndio, já que apenas três milímetros ou mais de espessura nos dutos apresentam perigo.

Há diversas empresas especializadas em limpeza e manutenção de sistemas de exaustão no mercado. A Aquila possui mais de vinte anos de experiência e é a única certificada pela IKECA, a Associação Internacional de Limpeza em Sistemas de Exaustão de Cozinhas.

Caso queira saber mais, entre em contato conosco! Faça uma cotação!

Share This